quarta-feira, 3 de junho de 2015

Certas e determinadas coisas, nomeadamente diversas #4 - Mas que raio de pila vem a ser esta!?

Por Factos de Treino

Esta manhã, depois do meu treino matinal, subi as escadas de acesso ao balneário em evidente dificuldade, arrastei-me pelos metros que faltavam rebolando pelas paredes e, no momento em que consigo finalmente passar pela porta... PAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAUUUUUUU!!!!!

Coleguinha de actividade física, já de banho tomado, exibe pila gigantónica digna de filme pornográfico protagonizado pelo cabeça de cartaz de um circo de horrores. A sério minha boa gente, até me assustei! E sabe Deus o sangue frio que foi preciso para disfarçar o pavor que senti quanto entrei naquela divisão demasiado pequena para nós os dois. Ou melhor, os três.

Foi literalmente um momento: "Ai minha nossa senhora! Mas o que é isto!???". Frase proferida enquanto se dão dois passos atrás.

Acreditem em mim. Era tão grande que eu estava com medo de pisar uma glande sem querer. Cheguei a temer que, ao entrar na cabine do duche, tivesse que empurrar aquilo com a pontinha do pé e dizer ao rapaz: "Olhe... não se importa de o puxar aí para fora!?". Sabem aquelas pessoas que têm iguanas e depois andam com aqueles pequenos monstros nos ombros? Era tipo isso... mas em pila.


E aquilo revoltou-me. Eu, que até esta manhã estava bastante satisfeito com o meu companheiro de estrada e que adoro andar por casa nu a exibir este atleta olímpico que Deus me meu (gosto de acreditar que foi Deus, especificamente, que trouxe uma pila na mão e me disse: "Toma, este é para ti. Trouxe um maior mas fica já pelo Natal e pelos anos..."), naquele momento, só queria virar-me de costas para que não fosse tão evidente a diferença. Mas ao mesmo tempo, não sabia se era seguro virar as costas àquele animal.

Foi um horror.

E é por isso que estou a pensar enviar uma carta de indignação aos donos do ginásio. Já basta andar a pagar para levar tareias todos os dias, não preciso de ser confrontado com imagens traumáticas como a desta manhã . Eles que construam um balneário para pessoas com necessidades especiais (para este rapaz e não para mim, entenda-se!!!). Ou um mini-zoo. No mínimo, um "reptilário".

Parece que o Manzarra é um dos sócios e tenho a certeza que, nesta nova fase da sua vida, será sensível à necessidade de criar um espaço adequado ao bem estar daquele animal.

Quanto às senhoras que, entretanto, estão a morder os lábios e a ficar com as pernas trémulas, um aviso... se aquilo era assim "em descanso", nem quero imaginar os danos que provocará "no activo".

Por mim, era adormecê-lo com tranquilizantes e depois abater.

23 comentários:

  1. Desculpa Factos! Não me lembro de ter ido ao ginásio esta manhã, mas era certamente aqui o Patife. Mas olha que é um grande trauma ter 30 centímetros de
    Pacheco. É que fiquei a um mísero e escasso centímetro de poder usar a expressão "31 de boca" com toda a propriedade. ;)

    "Por mim, era adormecê-lo com tranquilizantes e depois abater.". Top!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então para a próxima, mete um açaime no Pacheco. E calhas técnicas, daquelas que se usam nos grandes eventos para a população não pisar os cabos... Guarda isso para o mulherio do Chiado!!! Parece um anão à cintura...

      Eliminar
  2. "Toma, este é para ti. Trouxe um maior mas fica já pelo Natal e pelos anos...")
    AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parece que o senhor do balneário recebeu um que também dava até à Páscoa...

      Eliminar
  3. Factos, acho que arranjaste maneira de as inscrições femininas no teu ginásio dispararem...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Terão que descobrir qual é...
      ...embora me pareça relativamente fácil.

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Huumm... para quem gosta de fenómenos do Entroncamento... certamente!

      Eliminar
  5. Pela descrição (se bem que elucubrar sobre pila alheia é.....enfim.) era capaz de ser benigno para muita raparigagem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é rabeta.
      Pensei o mesmo mas não quis ser a primeira a dizê-lo.

      Eliminar
    2. A rapidez com que apareces quando se fala de pila é... enfim.

      Eliminar
    3. Não deixo posts rabetas, nem os próprios rabetas sem supervisão.

      Eliminar
    4. Ui... mas... o rabeta sou eu!?? Mas... pensei que... não estamos à vontade nesta casa!? Já não se pode descrever pila alheia que passamos logo a rabetas!??? Qual é o problema de descrever pil... epáá... agora que penso nisso, realmente não fico muito bem na fotografia.

      MAS CARAÇAS!!!! SE VOCÊS VISSEM AQUELA PILA!!!!!

      Eliminar
    5. Tu?!
      nããããã, o gajo porreiro é que coiso.

      Eliminar
  6. Então podes ir andando até ao Largo do Caldas, que lá tens muito que supervisionar.

    ResponderEliminar
  7. Que medo! E mordeu-te? É que pela descrição isso era uma anaconda.

    ResponderEliminar