segunda-feira, 22 de junho de 2015

Ouvir rádio em Portugal




Sou fiel ao programa da manhã da comercial, não pelo Ricardo Araújo (que já teve melhores dias) nem pelo Markl do qual também não sou fã apesar de lhe reconhecer alguma qualidade, mas sim, pelo Palmeirim, pelo Nuno e pela Vanda. As minha manhãs de carro são sempre passadas com a Comercial. 
À noite também, gosto bastante da selecção de músicas que a Catarina Miranda faz no seu Catpower.

Os entretantos, entre o programa da manhã e o Catpower costumava mudar para RFM só porque tinha mais diversidade musical, as músicas que passam na Comercial são enervantemente sempre as mesmas. Até que a RFM resolveu começar a passar kizomba, e não sei se é por eu detestar kizomba mas acho que para aí 50% da programação da RFM é kizomba. Assim que oiço os primeiros acordes, que para mim são todos iguais e facilmente reconhecíveis é ver-me a mudar de estação. 
O que me chateia na Comercial, é que as músicas sejam muito repetidas e que passem Amor Electro. É daqueles ódios de estimação, adorava os Donna Maria, para mim das melhores banda que Portugal já produziu e depois a Mariza Liz cai-me assim a pique de uns DM espectaculares para uns ranhosos Amor Electro? Aquilo enerva-me só de ouvir, provoca-me uma reacção ao nível do kizomba. Tenho de mudar.

E então o que é que sobra? Olhem ao nível da música desta década, sobra-me a Antena 3 que ainda me vai poupando os ouvidos e volta e meia até me dá a conhecer coisas novas muito boas, e depois a M80 que eu nutro uma paixão assolapada por música dos anos 80, do Rock ao Pop, dos Iron Maiden aos Abba! :D

26 comentários:

  1. Pois eu de manhã também oiço a Comercial, mas no meu caso muito por causa do RAP (que considero uma excelente cabeça e ainda por cima é cómico até dizer que já chega) e por causa do Markl que também tem muita graça (apesar de ser um grande cromo) e tem a 'voz de rádio' perfeita. O Palmeirim, pois não sei o que viste nele. Não tem pilériazinha nenhuma. Tem um raciocínio rápido para a piadola fácil - que faz apenas com a ajuda dos outros - e depois, nada. Nem sei a razão daquele prémio revelação, mas alguma razão deve ter.
    A Vanda diz bem o tempo e ponto final, e o Chefe é o chefe, que até dá uns toques quando se trata de futebol.
    Quando acaba o RAP na comercial (agora andam a passar o Best of) mudo sempre para a Antena 1 para ouvir a Inês Menezes e o Júlio Machado Vaz (O Amor é), se bem que ela é muito fraquinha especialmente no programa que faz com o Boucherie na SIC Radical), e para ouvir música é sempre na Oxigénio ou M80, dependendo do mood.
    A radio em Portugal acabou muito com o António Sala, o maior deles todos, muito a par do Júlio Isidro, que inexplicavelmente foram deixados para trás quando tinham ainda tanto para dar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Markl é muito bom em coisas que tenha tempo para escrever, assim como o RAP. Na interacção ali ao momento perdem muito, principalmente o Markl. O que eu acho que resulta bem na Comercial é o trio, Vasco, Pedro e Vanda e não nenhum deles em separado.
      Tenho de explorar esse programa da Antena 1.

      Eliminar
  2. Experimenta a Megahits ou a Cidade. Ficam entre a Antena3 e a Comercial/RFM

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não gosto de andar a ouvir martelos o dia todo!

      (E aquela parte do kizomba hein?)

      Eliminar
  3. Voz da Libertação, o melhor programa para ouvir quando se está parado no trânsito.
    A limpeza espiritual depois de um dia de trabalho. Poupa-se na água e no sabão macaco.

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  5. Respostas
    1. Epa para a tua limpeza espiritual ser feita com a Voz da Libertação, isso deve ser um dia de trabalho mesmo mau.

      Eliminar
    2. Irmã, para começar, um dia com trabalho nunca é mau. Jesus me abençoou e já não preciso de assaltar pensionistas para pagar o dízimo. Aleluia!!!
      E a limpeza espiritual é o final da esfrega diária. Sim, porque estar o dia todo a projectar estuque num bar de praia, com tanto glúteo trabalhado a passar-me à frente dos olhos, deixa-me as truces num estado tal, que ao quarto dia já custam a vestir.

      Eliminar
    3. Parece-me que precisas é de outro tipo de limpeza que não a espiritual!

      Eliminar
    4. Oi? Eu sou um indivíduo asseado. Todos os dias (no verão) passo um paninho húmido nos sovacos e no fim do mês tomo um banho integral.

      Eliminar
  6. Respostas
    1. Vou dar-lhe uma chance, fui agora ao site e vim de lá bem impressionada!

      Eliminar
  7. Respostas
    1. Deves ouvir a Alguidares de Baixo FM, só pode!!

      Eliminar
    2. Conheço algumas pessoas que ouvem esta rádio satânica, que usa o roque como desviador de almas.

      Eliminar
    3. Brrrrrr, é a Filipinha a gritar do seu bacamarte de amurada para apressar a remada do trirreme à custa de chicote.

      Poças Filipa, sempre que penso em ti surge a imagem de um chicote nesta pobre mente, e o som demoníaco das gargalhadas da Cristina Ferreira...
      Estarei novamente doente da perna?

      Eliminar
  8. A única coisa que te interessa saber, é que não ouço azeitolas.

    ResponderEliminar
  9. Alguém que me entenda. Gostava tanto de Donna Maria e da voz da Marisa Liz, e não me identifico nada com Amor Electro!
    Quanto às rádios de manhã tenho um roteiro. Começa no Tubo de Ensaio da TSF e vai variando entre Antena 3/Comercial/M80.

    ResponderEliminar
  10. Pessoas do Porto.. Experimentem smooth fm!

    ResponderEliminar
  11. Antena 2 camaradas. Uma revolução a começar na cultura. Uma rádio de outros tempos. Já temos stress suficiente no trabalho e na falta de trabalho para passar o dia a ouvir barulho!
    Sem publicidade, sem notícias da carochinha, sem entrevistas apressadas, sem o Cristiano Ronaldo, a fundação edp, a fundação dos santos. Só música.

    E uma triste elegia à defunta, magnífica, Voxx, que merecia aqui pentâmetros iâmbicos.

    ResponderEliminar
  12. Alternar entre Comercial e RFM... não consigo imaginar pior cenário.
    A sério... até estou chocado.

    Rádio que é rádio, daquela sem preparação e com tudo para correr mal. Daquela onde ouvintes ligam para ameaçar um blogger anónimo de morte (e não uma morte qualquer... estamos a falar de mandar com um comboio em cima). Rádio daquela onde há coragem para deixar um microfone aberto em frente a alguém que nem sabe bem o que raio se vai passar naquela hora. Isso sim... é uma rádio como deve ser.

    Pelo menos às quintas, das 22h às 23h, no "O Ar é de Todos". Programa onde este vosso amigo vai mandando uns bitaites de péssima qualidade (mas se ouvem comercial e rfm, também não me parece que qualidade seja um critério a ter em conta). SUPER FM 104.8 ou online no site dos senhores.

    No registo "programa das manhãs para as massas". A Antena 3 dá um baile medonho a todos os outros. Com a entrada da Mónica Mendes, nem vamos falar da diferença da música entre rádios (mesmo tendo em consideração que é uma rádio "para todos")

    ResponderEliminar